DPL Embalagens de Papel  
 
A DPL Produtos Meio Ambiente Novidades Faça seu Pedido
 
 
 
Contato
 
 
Navegando em "Novidades"
jul 26, 2011
admin

Consumo consciente para crianças

Hoje nos deparamos com um texto ótimo no GreenNation sobre a importância da formação de uma consciência ambiental nas crianças. Uma das dicas do portal era sobre como aproveitar as festas infantis para passar uma postura sustentável de forma lúdica e descontraída aos pequenos.

Pensando nisso, levantamos também algumas dicas que podem ser colocadas em prática durante as férias escolares, para que o período de descanso das aulas traga também reflexões diárias a respeito de consumo, meio ambiente e sustentabilidade:

Incentive as crianças a brincarem ao ar livre, de preferência em praças e jardins onde possam explorar cores, cheiros e formas da natureza;

Tem jardim na sua casa? Compre algumas mudas e reserve um tempo para plantá-las junto com os pequenos. Cuidar da natureza é sempre uma experiência de descobertas, e estimula o vínculo com a preservação ambiental;

Na hora do lanche, dê preferência a frutas e sucos naturais, orgânicos, e converse sobre a importância do consumo de alimentos produzidos de maneira sustentável;

Ensine sobre reciclagem! Mostre que é possível criar brinquedos com embalagens vazias de produtos, ou fazer papel reciclado em casa.

Se for comprar brinquedos novos durante o descanso das férias, escolha alguns com temáticas verdes, ou feitos de madeira sustentável e certificada;

Férias também é um bom período para fazer aquela limpa no armário, incentivar a doação de roupas, brinquedos e itens que as crianças não usam mais, e ainda conversar sobre o consumo consciente;

Reutilize folhas de papel e ensine-os a fazer blocos de rascunho com o verso que ainda está em branco, é um hábito simples que gera muita economia de papel.

Fonte: http://www.moleco.com.br/blog

jul 26, 2011
admin

Cai número de brasileiros preocupados com consumo consciente, mostra pesquisa

Apesar de ter mais informações sobre os problemas ambientais, o número de brasileiros que mantêm hábitos conscientes de consumo é cada vez menor, segundo pesquisa feita pela Federação do Comércio do Estado do Rio de Janeiro (Fecomércio-RJ). Para elaborar o levantamento, foram feitas entrevistas com mil consumidores de 70 cidades, incluindo nove regiões metropolitanas. Entre elas, Rio de Janeiro, São Paulo, Recife, Belo Horizonte e Salvador. Continue lendo »

jul 22, 2011
admin

Como era o consumo há 60 anos?

Você já conversou com seus pais e avós sobre como era a vida e o consumo há cerca de 60 anos?

Uma TV em cada cômodo, telefone fixo, celular, carros na garagem, isso tudo era um sonho muito distante, até mesmo impossível, em alguns casos!

Refletir sobre essa mudança no padrão de consumo da sociedade é a proposta da exposição itinerante “Uma Casa, Mil Olhares”, uma ação da Kraft Foods Brasil em parceria com a Evoluir e apoio do Instituto Akatu.

A exposição passa pelas décadas de 1950 a 1990 e retrata os diferentes modos de vida dos brasileiros nesse período. Durante a Virada Cultural essa exposição esteve aberta ao público de São Paulo, mas a boa notícia é que ela volta no mês que vem, entre 14 e 31 de julho, para o Shopping Eldorado. Então anotem na agenda!

No site do Akatu dá para ver mais fotos da exposição e saber um pouco mais dos aspectos abordados. Uma maneira muito bacana de promover a reflexão sobre o tema do consumo e ainda apresentar aos mais jovens os aspectos da vida doméstica anos atrás.

 

Fonte: www.moleco.com.br/blog

jul 22, 2011
admin

Dicas de consumo consciente para o inverno

O Instituto Akatu é uma excelente de fonte de informações para quem se preocupa com o consumo consciente e com a preservação do meio ambiente. Com os dias cada vez mais frios neste inverno, é sempre bom lembrar de algumas dicas básicas de economia e redução do consumo de energia.

O banho é um momento muito propício para o desperdício, tanto de água, quanto de energia. De acordo com o Akatu, “esses excessos se refletem também na natureza: dependendo da fonte de energia, há maior emissão de gases de efeito estufa causadores do aquecimento global e das consequentes mudanças climáticas e o maior consumo da água pode provocar escassez desse recurso natural indispensável à vida humana, mas que é finito”. Nesse caso, a dica principal é reduzir o tempo no banho e resistir à tentação de se manter no ambiente quente do chuveiro por muito tempo.

Em muitas cidades, especialmente no sul do país, o uso de aquecedores elétricos não só é muito comum como, muitas vezes, necessário. O Akatu alerta que o desafio não é parar de consumir, mas aumentar os impactos positivos e reduzir os negativos, já que hoje consumimos 30% mais recursos do que o planeta consegue repor. Planeje o uso do aquecedor: ao invés de deixá-lo ligado o dia inteiro, utilize-o apenas o tempo suficiente para que o ambiente fique com uma temperatura agradável.

Com os dias chuvosos e nublados, lavar e secar roupas é também um desafio em meio às demais tarefas domésticas. Para utilizar máquinas de lavar e secar, acumule roupa suficiente para usar os aparelhos em sua carga total, ligando-os menos vezes durante a semana. E sempre que o sol sair, aproveite para secar as roupas ao ar livre.

No caso de todos os eletrodomésticos, dê preferência àqueles avaliados e aprovados com o selo Procel, uma garantia da redução dos custos com energia.

Agora é só preparar um chocolate quente (de preferência com produtos orgânicos!) e curtir o inverno!

 

Publicado originalmente: Instituto Akatu

Fonte: www.moleco.com.br/blog